CONFIRA A ENTREVISTA COM PEBA!

CONFIRA A ENTREVISTA COM PEBA!
clique na imagem

2 de jul de 2011

Celebrando o encontro, um novo ciclo, o por vir

Esse post é só pra registrar o ar de ânimo trazido pelos novos ventos que se anunciam...
talvez nem se deva levar ele a sério, tanto, que também talvez o seja.
Mas do que um projeto a ser realizado, parece que entre nós uma energia outra de empolgação, misturada à boa zezostalgia presente [do tipo que é operada,
estado de laços de experiência,
das quais não se explica, vem e nos toma como ao entrar em casa após de uma longa viagem que já há muito se pedia para acabar e nem se sabia], toma conta.
Misto de euforia, medo, nem sei...
Vai ver, "porque eu to voltando pra casa... outra vez..."
Vai ver porque todos voltam pra casa.
Sim, juntos há quase seis anos,
mas eu me arrisco em dizer: tudo é tão outrora (?)(!)
Meio eufórico demais, talvez.
Vim celebrar o amor!
O amor zeza! A nós, ao nossos encontros e
àquilo que nunca soubemos, mas também de não saber, se fez saudade, zaudade!
A esse todo por aberto. Ao desejo de dizer cada vez mais: Sim! ZiM! Enfim...
Esse texto ruim, sem nenhum grande conteúdo além dele mesmo
vem só dizer o quão lindo se parece o por vir.
Não porque se sabe sobre ele, mas pela celebração que salta como medo ao encontro do medo...
pelo o que não se sabe ]nem nunca se soube[ e, ao mesmo tempo, duplamente, se deseja e se opera intransitivamente, frouxosamente.
Ao que escapa,
a vocês,
zezin-lov...
zinlov
zuin!
BzZZzins!
Zs!

(sRG)

Nenhum comentário: